Instalação de câmeras de segurança em condomínios

Categoria: Segurança

Data: 02/05/16

Autor: Luana Caldeira

Instalação de câmeras de segurança em condomínios-01

A própria criação de condomínios fechados já foi uma medida para combater a violência e aumentar a segurança das pessoas, mas isso não é mais suficiente. Agora os condomínios precisam estar repletos de equipamentos de segurança para realmente garantir o bem-estar de todos.
Para contratar um Circuito Fechado de Tv para o seu condomínio, confira o passo a passo:

  • Convoque uma assembleia para discutir a questão com os condôminos.
  • Pesquise os tipos de CFTV que existe e veja qual é o mais adequado para o seu condomínio.
  • Caso opte por câmeras conectadas à rede, monte pontos estratégicos para ligar as câmeras de segurança, porque para monitorá-las é preciso conectá-las à internet, com isso já vamos diminuir em infra-estrutura e cabo.
  • Compre um sistema de monitoramento que dê para monitorar pela web ou contrate uma empresa de monitoramento remoto com manutenção do sistema embutida no contrato.
  • Instale um sistema de Alarme de Intrusão que possa ser integrado ao sistema de monitoramento para que seja embutido ao contrato de monitoramento também.
  • O tamanho do circuito depende do tamanho do risco. Mas, em geral, deve haver câmeras nos acessos ao prédio, nos elevadores e nos corredores, principalmente onde a maioria dos imóveis é alugada.
  • A instalação dos equipamentos em piscinas e áreas de lazer quando for extremamente necessário, para não tirar a privacidade dos moradores.

O mais importante é o síndico discutir com os condôminos para avaliar a melhor opção para o condomínio. E depois de aprovado em assembleia, a escolha da empresa e do tipo de tecnologia contratada é fundamental para não onerar o condomínio, ou gerar falsas expectativas sobre o resultado alcançado por essa medida de segurança.
Confira outras dicas com a Cartilha de Segurança Condominial.

Discussão

0 comentários