A rotina de um condomínio em implantação

Data: 15/10/14

Autor: Luana Caldeira

Quando o prédio é entregue aos primeiros moradores, é preciso criar o condomínio. Nesse momento, todos precisam estar envolvidos: os condôminos, a construtora e a administradora. São muitos detalhes para serem acertados e, por isso, várias situações difíceis podem acontecer.
Mesmo antes da entrega das chaves, muito precisa ser feito, e a construtora é fundamental nesse processo. É comum a própria empresa contratar uma administradora para começar a organização do prédio; as primeiras ações são a contratação de funcionários, criação da Convenção e Regimento Interno para serem aprovadas na primeira assembleia.
Quando as chaves são entregues, os moradores assumem um pouco do compromisso. A partir desse momento, cada um será responsável pela sua unidade e, juntos, pelas áreas comuns do prédio. Se as unidades não estiverem completamente preenchidas, a construtora é responsável pelos apartamentos vazios. A empresa representa essas unidades, inclusive nas votações das assembleias.Condominio-novo
A convocação da Assembleia de Instalação é o primeiro passo. Nessa reunião, será definido o síndico e corpo diretivo que deverão atuar pelo próximo ano. Além disso, também deverá ser apresentada a previsão orçamentária para o mesmo período. Nesse momento começam as maiores dificuldades da implantação do novo condomínio: será necessário fazer a análise da Convenção criada pela construtora em parceria com a administradora contratada. Esse é o momento de sugerir ou alterar o seu texto.
Normalmente, os condôminos não se conhecem, e definir quem será o síndico pode ser difícil. Nem todo mundo tem esse interesse e os moradores não sabem da experiência dos demais. Por isso, as primeiras definições podem ser um tanto turbulentas.
Depois da primeira assembleia, começa a aquisição dos materiais necessários para manutenção e conservação do condomínio. Estoque inicial de material de limpeza, produtos de piscina etc., capachos e tapetes, latões de lixo, carrinhos de supermercado, quadro de chaves e avisos e ferramentas são apenas o início das compras.
Em resumo, essa é uma fase muito complicada para qualquer condomínio. É preciso que os condôminos sejam muito tolerantes, pois o primeiro ano de vida do prédio pode ser cheio de dificuldades. São muitas questões para serem resolvidas e muitas pessoas tendo que se acostumar umas com as outras, então, a principal dica continua sendo respeitar o seu vizinho.

Discussão

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.